sexta-feira, 17 de agosto de 2012

O que acontece enquanto isso

E quando ninguém aguenta mais ouvir que uma bateria leva até 1.000 anos para se desintegrar, os caras da TBWA da Nicarágua aparecem com essa ideia simples e genial.

| Clique nas imagens para ampliar.



0 comentários: