quinta-feira, 24 de maio de 2012

Anúncio com cheiro de cigarro



A agência capixaba Ampla Comunicação criou um anúncio diferente para a Unimed Vitória para o Dia Mundial Sem Tabaco. Para lembrar as pessoas que o cigarro destrói pessoas e ferra com tudo bolaram um anúncio que, acreditem, exala cheiro de cigarro. Genial? Eu acho que não. Na verdade, acho que está muito longe de ser.

Tenho uma opinião bem radical quando o tema da discussão é o cigarro. Sendo bem diplomático, diria que é algo que simplesmente não precisava existir, assim como as motocicletas e os deputados estaduais. Sendo menos diplomático, diria que o cigarro expõe a fragilidade do ser humano de tal forma que envergonha toda a espécie. Acho que defini bem, o vício do cigarro é vergonhoso. Se eu fosse um desses lunáticos que existem por aí criaria uma organização secreta e sem fins lucrativos que sairia explodindo todo e qualquer estabelecimento que comercializa esta merda. Certa vez fiquei sabendo que existe um grupo nos Estados Unidos que rouba anões de jardim para soltar em florestas distantes durante a noite. É um grupo de libertação dos pobres anões de jardim. Uma outra seita explode caminhonetes, dessas exageradamente grandes, que servem apenas para incentivar o consumismo excessivo de uma cultura fútil. Mas como eu não sou nenhum lunático, muito menos burro, já que sair explodindo lugares não é algo bem visto pelas autoridades, prefiro expressar a minha aversão ao cigarro em forma de postagens.

Como ia dizendo antes de me perder nas divagações, um dos piores inconvenientes do cigarro é o cheiro de esgoto estragado que ele tem. E isso que eu não costumo me incomodar com qualquer coisa, mas me irrita profundamente o potencial que o cigarro tem de impregnar seu fedor nas pessoas a sua volta. Na verdade, esse é o único problema. Eu não ligo muito se o fumo mata o fumante, causa câncer, invalida os órgãos vitais, não ligo mesmo. Fumar é opcional, logo, foda-se quem fuma. E digo foda-se do fundo do coração. Já o odor incomoda a todos, emporcalha tudo, e o meu direito de não ter de sentir isso é totalmente ignorado pela falta de educação das pessoas, no caso, da falta de educação dos fumantes.

Claro que tudo isso é só um desabafo meio besta, sem muito sentido. Só queria dizer que um anúncio contra cigarros não precisava provocar a pior sensação que o fumo causa nos não-fumantes, por melhor que sejam as intenções. Me parece bem óbvio o tamanho do equívoco. Que fique aqui o protesto.

3 comentários:

Jac disse...

Eu realmente me incomodo com pessoas que reclamam taaaaanto de cigarro, como se fosse O PIOR vício do mundo. Eu não sou fumante, mas fico indignada com a hipocrisia das pessoas (não sei se é o seu caso, mas já vi mtas pessoas assim) que transformam o cigarro num demônio enquanto postam fotos no face agarrados com uma garrafa de absolut vodka.


"Sendo menos diplomático, diria que o cigarro expõe a fragilidade do ser humano de tal forma que envergonha toda a espécie. Acho que defini bem, o vício do cigarro é vergonhoso."

Quem fuma não acorda caído no chão cheio de vômito. Quem fuma não precisa ser arrastado por não ter condições de andar. Quem fuma não bate em mulher e filhos por um "destempero" causado pelo cigarro.

"o odor incomoda a todos, emporcalha tudo, e o meu direito de não ter de sentir isso é totalmente ignorado pela falta de educação das pessoas, no caso, da falta de educação dos fumantes."

What? Existem milhões de carros nas ruas e o que emporcalha e faz tudo feder é o cigarro? Pessoas que usam carro por conforto ao invés de necessidade são muito mais mal-educadas no meu ponto de vista.

Luciano Marino disse...

Você esqueceu da melhor parte:

"Se eu fosse um desses lunáticos que existem por aí criaria uma organização secreta e sem fins lucrativos que sairia explodindo todo e qualquer estabelecimento que comercializa esta merda."

Ismael disse...

Cara,

Concordo com você sobre o cigarro (sou tão contra quanto), mais discordo em relação ao anuncio.

E vendo você revoltado da forma que ficou...chegando a ponto de "perder tempo" em fazer um post grande sobre o anuncio onde no meio você perde a linha de tanta revolta...e só no final volta a falar sobre o anuncio...só me faz acreditar ainda mais que o anuncio atingiu um dos objetivos que queria. Causou repulsa, repugnância e revolta em um não fumante.

Pois acho que o objetivo do anuncio não é apenas tentar conscientizar o fumante (nesse ponto ele está até fraco, afinal...o fumante já esta acostumado com essa imagem e cheiro), o objetivo é reforçar a imagem (e cheiro) de péssimo gosto que o cigarro tem e tentar fazer com que o não fumante não entre nessa barca.