terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Filme com publicitário: Cilada.com

Fazia tempo que eu não pingava um filme com publicitário por aqui. Confesso que não é das categorias mais simples de se alimentar, e nem sei se vocês gostam tanto assim. De qualquer forma, cá estou para falar de mais uma produção cinematográfica baseada na vida de um publicitário e/ou marqueteiro. E a bola da vez é o engraçadíssimo Cilada.com, um sitcom que ganhou as telonas (sempre quis dizer isso).

Escrito pelo próprio Bruno Mazzeo e Rosana Ferrão com direção de José Alvarenga Jr., o filme mantém o mesmo espírito despojado da série. Mazzeo comanda o show com seu humor ácido e ranzinza, que ainda funciona muito bem.

Dito isso, vamos ao filme. Depois de anos de relacionamento e às vésperas de pedir sua namorada, Fernanda, em casamento, o publicitário Bruno a trai com uma mulher que mal conhece, numa festa, depois de beber todas. A traição já seria o suficiente para enfurecer a namorada, mas o pior de tudo é que o flagra é presenciado por todos os presentes e a humilhação a que ela é submetida é um golpe duro de aceitar.

Como vingança, a namorada resolve humilhá-lo publicamente também e, na mesma noite, coloca no Intube – site como o Youtube –, um vídeo caseiro mostrando uma transa dos dois, que Bruno não consegue levar por mais de alguns segundos. Como acontece com estes fenômenos virais na rede, em poucas horas o vídeo se espalha e vira febre entre quem navega na internet. Aos poucos Bruno vê seu trabalho, suas relações sociais e sua vida em geral modificada por este surto de fama que o transformou numa celebridade às avessas.

Com o orgulho ferido e o firme propósito de reconstruir sua honra masculina, Bruno, incentivado por seu amigo Sandro, resolve gravar uma “transa perfeita” para colocar no Intube e acabar de vez com sua fama de “coelho”. Sandro o apresenta ao videomaker Marco André, que não tem o apelido de Marconha à toa e que vive viajandão, à procura de seu filme incrível que o levará à fama.

Contando com o apoio técnico de Marconha, Bruno só precisa encontrar uma mulher que figure em seu filme caseiro. Só que quando se é reconhecido na rua como uma piada ambulante e se tem a auto-estima abalada por uma coisa assim, não é fácil conseguir uma candidata.

Com o sucesso crescente do vídeo no Intube e a certeza de que sua vida está indo ladeira abaixo, Bruno sente-se isolado e acuado. Tirando Augusta, sua fiel empregada, e alguns poucos amigos, ele não tem com quem contar. Por isso fica ainda mais obcecado com a idéia de conseguir gravar a “transa perfeita”, para calar a boca de todos e retomar sua vida. É esse objetivo, com a ajuda de Marconha e Sandro, que vai fazê-lo entrar em cada vez mais ciladas. Ciladas de todos os tipos: das mais simples às mais inacreditáveis, com direito até a micos em programas de televisão.

Cilada.com é uma comédia sobre amor e traição que mostra o poder da Internet em transformar pequenas intimidades e deslizes em fama e constrangimentos globalizados.

Elenco:
Bruno Mazzeo | Bruno
Fernanda Paes Leme | Fernanda
Sérgio Loroza | Marco André (Marconha)
Thelmo Fernandes | Gerson
Carol Castro | Mônica
Augusto Madeira | Sandro
Luis Miranda | Pai de santo
Fabíula Nascimento | Suzy
Fulvio Stefanini | Dr. Leoni
Alexandre Nero | Henrique
Fernando Caruso | Comediante
Marcos Caruso | Pai da Noiva
Rita Elmôr | Travesti
Dani Calabresa | Regina Kelly
Débora Lamm | Débora

Título original: Cilada.com
Direção: José Alvarenga Jr.
Gênero: Comédia
Origem: Brasil
Ano: 2011
Duração: 95 minutos
Estúdio: Universal
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui
Comprar: -

:: Nota do blogueiro: 8.0
Por quê?
Porque você ri o tempo inteiro. E é isso que uma comédia deve fazer. Toda a proposta da série Cilada é construída para que um grande grupo de pessoas se identifique com ela, por isso faz ranto sucesso. Cilada.com não perdeu essa característica, algo que, por exemplo, não aconteceu com "A Grande Família" quando foi para o cinema. E, além do mais, estamos falando de uma produção de mais de 5 milhões de reais, pelo amor de Deus!

1 comentários:

Regina Mendes disse...

Eeeeee! Minha categoria favorita voltou. Ótimo post.