terça-feira, 31 de agosto de 2010

Mais polêmico do que criativo | 36

Mais um comercial que ganha mais destaque pela polêmica do que pela criatividade propriamente dita. No episódio de hoje, o filme gentilmente convidado a sair do ar foi este do Tribunal Superior Eleitoral criado pela agência brasiliense Fields. O motivo é simples: o CROSP - Conselho Regional de Odontologia de São Paulo - que representa 75 mil cirurgiões-dentistas do Estado de São Paulo entendeu que a figura do cirurgião-dentista apresentada no vídeo representa o profissional da categoria de maneira inadequada e ofensiva.

A questão é simples: o Brasil - que já foi considerado um país desdentado - precisou conscientizar a população que visitar regularmente o dentista era um hábito mais do que necessário. O tratamento dentário deixou de ser um mito - ou, pelo menos, não é mais visto como era há 20 ou 30 anos. Em nota à imprensa, o Conselho alegou o seguinte:

"O exemplo escolhido compromete a educação da população no que diz respeito à importância da prevenção e dos cuidados com a saúde bucal. Ao estigmatizar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que provoca medo aos pacientes, a propaganda desestimula a busca dessas ações, por parte da sociedade. Os efeitos são especialmente nocivos entre a população infantil, causando prejuízos psicológicos em relação ao tratamento odontológico."

Para o CROSP, o conteúdo do comercial também reforça uma visão deturpada da categoria profissional, podendo induzir a população a acreditar que existam cirurgiões-dentistas atuando na ilegalidade. Resumindo, um comercial como essa só aumenta o receio das crianças e desinformados. Por este motivo, concordo com a solicitação do CROSP. E pelo visto, o TSE também, já que o comercial não será mais veiculado.


Image and video hosting by TinyPic

0 comentários: