quarta-feira, 16 de junho de 2010

Propagandas da Copa | 6


Antes de qualquer coisa: em Copa do Mundo, o importante é vencer. Jogou mal, Kaká está perdido em campo, os jogadores não se movimentam sem a bola, Luis Fabiano parou de marcar, nada disso importa se o time vence. É sério. Em 1994, o time ganhou aos trancos e barrancos - apesar de termos um dos melhores da história em campo. Em compensação, em 1982...

Copa do Mundo resume-se em sete jogos, que ficam gradativamente mais complicados. Ontem, o Brasil ganhou apertado de ninguém e ainda assim teve festa. Isso é Copa do Mundo. E vale lembrar ainda que só levamos o gol porque o Dunga mudou a forma do time jogar, buscando melhorar o saldo. Corajoso, porém, desnecessário. Durante a partida eu mudei a minha opinião, não devemos temer um confronto com a Espanha nas oitavas, eles é quem devem estar se borrando.

Como diria o velho e bom Muricy: "Quer espetáculo? Vá ao teatro." É isso, Copa ganhada na raça, no sofrimento também põe estrela na camisa. Contra a Costa do Marfim - que também deverá jogar fechada - a promessa é para outro jogo onde não veremos a seleção passeando em campo.

E já que tocamos no assunto, que tal este filme com o último gol de Pelé com a camisa da seleção brasileira? Assinado pela sempre excelente Y&R, o vídeo da Vivo é praticamente impecável. Só faltou ser no Maracanã, não entendi porque usaram o Morumbi. Quem sugeriu foi o tuiteiro Luiz Henrique Barros.


:: Enviado por Luiz Henrique Barros
Image and video hosting by TinyPic

0 comentários: