domingo, 20 de junho de 2010

Propagandas da Copa | 10


O post deste 10° dia de Copa quase não saiu. Jogo do Brasil, churrasco na casa de amigo, levar cliente no aeroporto, tudo temperado com uma bela ressaca do sábado a noite foram os principais motivos. Mas, ainda durante o Fantástico, consegui finalmente sentar na frente de um computador para escrever algumas bobagens. Dito isto, vamos aos fatos.

O Brasil melhorou muito em relação ao jogo de estreia. Kaká achou o seu bom e velho futebol, Luis Fabiano acabou com o incômodo jejum de gols e Elano comprovou que é, deveras, essencial no esquema de Dunga. Até a discreta participação de Robinho não interferiu desempenho do time.

Já a Costa do Marfim, bem, talvez esteja na modalidade errada - a Copa do Mundo de Jiu-Jítsu seria mais apropriado. Com uma atitude covarde caçou os brasileiros em campo - a forma que eles encontraram para tentar inibir a técnica dos pentacampeões. Não funcionou. Ou melhor, funcionou para tirar Kaká do restante da primeira fase. No fim das contas, acabaram se prejudicando, já que terão que torcer pelo Brasil na última rodada.

Também discordo da opinião do Galvão e cia. O Dunga não tinha nada que tirar o Kaká depois do cartão amarelo. Ele precisa de ritmo de jogo e, principalmente, de mais experiência para lidar com situações assim - normal aos jogadores que não são carimbados pela Libertadores da América. Depois da expulsão - injusta - ficou fácil criticar. Contra Portugal as coisas serão bem diferentes.

E o comercial é esta relíquia da Coca-Cola, enviado pela palmeirense (mas, gente fina) Marina Barato. O filme foi veiculado durante a Copa da 1982, na Espanha. Valeu, Marina. Putz! Extrapolei o espaço para o texto do post, a ideia era terminar junto com esta imagem da tabela à esquerda. Mas como estou cansado demais para revisar, vai assim mesmo.

Para enviar a sua sugestão, e-mails para:
louconaopublicitario@zipmail.com.br
lumarino@zipmail.com.br
ou pelo Twitter: @lumarino


:: Enviado por Marina Barato
Image and video hosting by TinyPic

1 comentários:

Marina Barato disse...

Hahaha, tá parecendo eu no e-mail, é?
Bacana vc ter postado esse, nada contra o Zico, mas a emoção é maior com o Maradona, que na época, estava nos primórdios de seu auge.

Mas que jogão hein?
Uma pena o Kaká ter sido expulso, mas o gol do Luis Fabiano, que isso.

Como disse o @fredmtt - Pelé fez gol dando chapeu, Maradona com a mão, Luis Fabiano fez os dois, no mesmo lance.

;)