quarta-feira, 3 de junho de 2009

Propagandas que embalaram minha infância: Dida vs. Rogério Ceni

Vamos lá. Hoje o comercial que embalou minha infância vem acompanhado de outro que respondeu com a mesma moeda. Quem tem mais ou menos a minha idade deve se lembrar bem da frase: “sai do gol Dida”. Pois é, Dida era o nosso goleiro naqueles fatídicos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. A trombada entre ele e o zagueiro Aldair no jogo contra o Japão marcou uma seleção brasileira pífia em quase todos os sentidos.

A Volkswagen, aproveitando-se da fama do goleiro que raramente saia da pequena área para interceptar um cruzamento, fez uma propaganda que marcou época. O produto era o popular Gol Atlanta – uma edição especial do carro. No vídeo, Zagallo - então técnico da seleção canarinha - ordenava que Dida saísse do “Gol”. O goleiro, por sua vez negava-se a qualquer custo.

Um ano depois, em 1997, veio uma resposta um pouco menos badalada da Ford. Para promover o novo Fiesta, a marca de Henry Ford teve como garoto-propaganda o também goleiro Rogério Ceni. O são-paulino, ainda com cabelos, vinha com o diferencial de ser um goleiro que fazia gols. No filme, após marcar um gol de falta, o jovem arqueiro é questionado por um repórter se ele voltaria para o "Gol", Ceni então responde: "Gol?! Meu negócio é o Fiesta". Tosco, porém memorável.


:: Gol Atlanta


:: Ford Fiesta

1 comentários:

Dani disse...

O melhor de ver é o preço do Fiesta na época, a partir de
R$11.542!!!!!! Bons tempos rs...