quarta-feira, 22 de abril de 2009

Filme com publicitário: Doce Novembro

Sempre que um post é publicado nesse singelo sanatório, logo o classifico em alguma categoria – quem passeia por aqui regularmente já deve ter notado isso. Pois bem, a partir de hoje uma nova seção nos acompanhará, e dessa vez, fugirei um pouco do assunto publicidade – mas nem tanto.

A ideia é bem simples, pelo menos uma vez por mês vou comentar (bem superficialmente, é claro) sobre filmes que citam a nossa nobre profissão de publicitários – não importando muito o gênero, estilo ou orçamento. Repito: não esperem uma análise crítica de um bom cinéfilo, para isso indico o excelente blog do meu amigo Tiago Motta - http://paradacritica.blogspot.com/. Esse que vos escreve se aterá a passar uma opinião muito menos criteriosa.

E para começar, o filme escolhido é o sucesso de crítica “Doce Novembro”. Estrelado por Keanu Reeves, a história conta a vida de Nelson Moss, um publicitário e workaholic que vive em Nova Iorque. Viciado em trabalho, Nelson é um criativo extremamente prestigiado no meio onde vive. Ele conhece Sara Deever por acaso e durante um mês de novembro, descobre prazeres que não existiam em sua frenética vida recheada de campanhas publicitárias de sucesso.

Uma cena em especial é ótima e realmente chama a atenção dos publicitários que assistem ao filme. Nelson assiste a vários canais de televisão enquanto se exercita em seu luxuoso apartamento, sai da esteira com uma toalha entrelaçando o pescoço, abre o micro-ondas, espeta uma salsicha com o garfo e se esforça para ter uma boa ideia para a próxima campanha. Sua reação mostra toda a essência que deveria ter um legítimo processo criativo.

Remake de 1968, Doce Novembro classifica os publicitários como pessoas alternativas, como é o caso de Chaz Watley, personagem drag queen e diretor de criação venerado pelos colegas. Arrogância, ambição e jogo de poderes ajudam a decodificar nossa classe. Porém, apesar do roteiro se perder ao longo da história, é um filme light que tenta nos fazer rir e chorar com apelos antigos.

Elenco:
Keanu Reeves | Nelson Moss
Charlize Theron | Sara Deever
Jason Isaacs | Chaz Watley
Greg Germann | Vince Holland
Liam Aiken | Abner
Robert Joy | Raeford Dunne
Lauren Graham | Angelica
Michael Rosenbaum | Brandon / Brandy
Frank Langella | Edgar Price
Jason Kravits | Manny

Título original: Sweet November
Direção: Pat O'Connor
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos
Ano: 2001
Duração: 119 minutos
Distribuição: Warner Bros
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui

:: Nota do blogueiro: 8.0
Por quê? Achei o apelo à doença meio forçado, também não é a melhor atuação de Keanu Reeves e em algumas cenas, os argumentos são bobos e típicos de uma cultura fútil como a dos Estados Unidos.

4 comentários:

Regina Mendes - Redatora Publicitária disse...

Oi, Luciano!
Não lembro como descobri, mas sempre acompanho o seu blog. Parabéns! Passei pra deixar uma dica de um filme não tão conhecido, mas que fala de rotina de agência e criação de uma campanha. É o "Paixão de Ocasião" (Picture Perfect), com a Jennifer Aniston. Vc já assistiu?

Luciano Marino disse...

Olá Regina, muito bem lembrado! Vou inserir o filme na lista e em breve o post vai ao ar. Obrigado pela dica.

Eduardo Bittencourt disse...

Olá Luciano.

Acabei de conhecer seu blog e achei muito interessante. Parabéns pela maneira profissional que lida com ele.

Seu blog vai muito além da publicidade, tanto é que despertou interesse de um jornalista. Quando puder faça uma visita ao NGJ. www.ngj-rj.blogspot.com

Com certeza voltarei mais vezes!!!

Texto de bula disse...

Nossa, excelente idéia. Particularmente dfico bastante interessado em filmes em que um dos personagens é publicitário. Vou urgentemente ver esse Doce Novembro. E aproveio para mais uma vez elogiar o seu blog, ele sinceramente é muito bom. Parabéns.