segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

A maior campanha da história da TAM

Estreou na última sexta-feira (22) a nova campanha de reposicionamento da TAM, e diga-se de passagem, estamos falando da maior campanha publicitária da história da empresa. Muito bem, eu escolhi esse tema hoje para abordar alguns pontos que valem a pena ser analisados por quem vê tudo do lado de fora, ou seja, sem se envolver demais a ponto de perder os olhos de mero expectador.

Antes de mais nada, já estava ficando impaciente com essa resposta da TAM sobre a belíssima campanha da GOL, que usou crianças de sete anos para representar todo o crescimento da compania aérea nos últimos anos. Mas o resultado está aí, modelado num excelente trabalho de reposicionamento que durou exatos 18 meses. O logotipo, desenvolvido pela Thymus, de Ricardo Guimarães, ganhou linhas mais modernas, sem perder a originalidade, além de ficar mais leve mantendo o mesmo poder de fixação. Resumindo, eu gostei, e gostei muito do que vi. A idéia das pessoas assinando na fuselagem do avião é fantástica, cria inúmeras maneiras de se imaginar o que representa a TAM na vida das pessoas.

Coloquei no fim desse post algumas peças impressas da campanha "Compromisso", quem assina é a sempre criativa Young & Rubicam.

Outro ponto considerável, é um fator que eu já percebia há algum tempo na TAM. Lembro muito bem como havia um tratamento diferenciado da empresa sobre os concerrentes, tudo muito organizado, cadeiras extremamente limpas, um tapete vermelho que fazia sentido, etc, etc, etc. Hoje, não passa de mais uma prestadora de serviço que perdeu aquela mágica em servir da melhor forma possível seus clientes - o tal Espírito de servir. Acredito que deve-se muito a ausência do comandante Rolim Amaro, que publicamente fazia questão de manter todos os detalhes impecavelmente em ordem.

O case da TAM é um belo exemplo a se seguir, de como era e como é hoje. Recomendo a quem se interessar, que estude um pouco mais a fundo, certamente valerá algumas boas conclusões. Mas a questão relevante aqui é aguardar e perceber se o novo esforço de marketing e comunicação vai surtir o efeito esperado. Espero sinceramente que sim.




0 comentários: