quarta-feira, 2 de maio de 2007

Ta na palma da mão

Essa aí, pra quem não é mato-grossense como grande parte dos leitores do blog, talvez não tenha a mesma conotação. Mas eu explico.

Aqui em Cuiabá, durante as eleições para Governador, o mote da campanha do candidato Blairo Maggi era muito parecido com essa idéia do anúncio ao lado. E aproveitando o "M" comum na palma da mão das pessoas, o jingle da campanha política dizia: "Tá na palma da mão, tá na mão de quem sabe, o povo já decidiu, Governador é Blairo Maggi". Porém, de algum jeito isso era cantado de forma que rimava.

Voltando ao anúncio da Volkswagem, lê-se: "Você sempre teve um Volkswagem na mão. Só faltava vir buscar as chaves."
Sendo assim, eu não tenho absolutamente mais nada pra falar sobre isso.

1 comentários:

Geraldo Hazn disse...

É aquela velha máxima do sempre se copia. Ou se transforma. Na verdade, é apenas uma transição de mídias. Eu vejo os novos videos do Office 2007 e penso que já vi cores e personagens em algum filme do Wes Anderson. Mas isso não constitui algo ruim, em absoluto. Só ganhamos mais uma forma de entretenimento e informação.

http://www.youtube.com/watch?v=XcqVI-GHxnE

http://www.youtube.com/watch?v=8z8salmcs_A

http://www.youtube.com/watch?v=dAKpj1WJnv4

http://www.youtube.com/watch?v=aWkyDd8mLqA

http://www.youtube.com/watch?v=XeLej1q_ASc