quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Prédios da areia

Normalmente os blogs similares a este singelo sanatório comentam peças, campanhas, ações que chamam a atenção pela criatividade, oportunismo e muitas vezes, irreverência. Mas ultimamente venho percebendo que o advento das ações de guerrilha nos mais diversos segmentos está acarretando suas primeiras conseqüências. A mais notável delas é a banalização de mais uma boa ferramenta do marketing, assim como foi a televisão, mala direta, jornais, etc, etc, etc.

Mas para que algo se banalize, é necessário que seja feito por muitos, com uma grande pitada de incompetência, muita falta de planejamento e quase nenhum conceito. Ah, o conceito! Como é cada vez mais raro ver alguma comunicação com um respeitável conceito por trás! Resumindo, seria a busca alucinada pelo resultado imediato nas vendas.

Para exemplificar, separei essa ação criada pela Espalhe para divulgar o lançamento de um empreendimento que será construído pelas incorporadoras Kabin Segall e Rossi, na Praia das Astúrias, no Guarujá. Trata-se de uma maquete de areia do condomínio Oceano. Muito bonito, muito criativo, chama muito a atenção pelo trabalho detalhado com a areia. Mas fazer uma réplica logo areia do mar?! Ora bolas! Quem não sabe que areia do mar + cimento + brita + ferro = prédio na chón!!! Ou será que o odiado Sérgio Naya, dono da construtora Sersan não nos deixou uma lição com fatídico episódio do Palace II?

Claro que isso também não significa que o simples fato de uma miniatura do prédio, feita de areia do mar, remeta que o empreendimento não será feito com materiais de qualidade. Mas isso é conceito, ou melhor, falta dele. Não basta a ação ser bonitinha e criativinha. Tem que ser fundamentada, pensada, repensada, analisada, testada, pra não sair algo que gera interpretação negativa, ou aquilo que chamamos de tiro pela culatra!

5 comentários:

Patrick A. disse...

seria a mesma coisa q vc construir um transatlantico e colocar na divulgação "ESSE NEM DEUS AFUNDA" rsrsrs...

Nat Fróes disse...

oioi
vim fazer uma visitinha, fazia mto tempo q n passava por aki, eis que chego e me deparo c uma "obra arquitetônica" :P coincidência?? :P
realmente, vcs publicitários têm que pensar muito a fundo na hora de divulgar e produzir alguma coisa!! Admiro isso profundamente. Acharia lindo se tivesse visto isto na praia, uma obra de arte, mas certamente se estivesse entre amigos ou pessoas com quem tenho afinidade surgiria o comentário sobre "areia+concreto+brita=prédio na chón!" :P
parabéns, isto aqui está beeeem legal :)
beioss

nat fróes disse...

"areia do mar + cimento + brita + ferro = prédio na chón!!!"
citação reproduzida corretamente hehehe :P

Leandro Magalhães disse...

Importante lembrar que estamos vivendo o momento "buraco do metrô". O interessante é que a "desculpa" que deram pelo desestra foi que a terra era muito arenosa. kkkkk
Abraço Bial!

adolfo® disse...

Mt bom o argumento do seu cliente!
Fiquei curioso. Qual foi a replica q vc deu pra ele???

Att.
Adolfo
ppuniube.blogspot.com